domingo, 5 de julho de 2015

MERCADO DA TERCEIRA IDADE 3

A auto-estima na Terceira Idade



          Segundo a  Psicóloga Medico-Hospitalar, Psicanalista e Psicóloga Motivacional, especialista na Terceira idade e tabagismo - Solange Quintanilha -  

"Todo ser humano deseja e precisa se sentir
 amado, aprovado e elogiado". 

                          A psicóloga Solange explica que, "quando a autoestima é positiva, bem construída ou elevada, a criança sente que sua existência é importante, que ela é importante para seus pais e assim ela cresce confiante que é amada. Acredita na sua capacidade e é capaz de lidar muito melhor com as frustrações e os fracassos.
                          A boa autoestima é a coisa mais importante na vida, pois só ela encoraja o outro a enfrentar desafios, correr atrás dos sonhos e desejos. É a maneira como a pessoa se percebe e se avalia, que vai moldar a sua vida, por isso ela é tão fundamental.
                  A autoestima adequada funciona como o “Sistema Imunológico da Mente”, como se fosse uma vacina, pois aumenta a resistência, evitando doenças ou proporcionando uma recuperação mais rápida.
                            A autoestima elevada e a felicidade estão ligadas, pois as pessoas se consideram boas, competentes e merecedoras.

                          Essa valorização de si mesmo traz prazer, alegria e tem total influência no amor e na vida".


Postar um comentário

Recado