terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Litro da gasolina já está até R$ 0,13 mais caro nos postos de SP, diz sindicato


Antes do aumento anunciado na segunda-feira, a Petrobrás havia realizado dois cortes no preço dos combustíveis, mas o consumidor não percebeu o efeito na bomba.  Estatal anunciou reajuste de gasolina e diesel

As distribuidoras de combustíveis começaram a repassar aos postos paulistas a alta dos preços anunciadas na segunda-feira, 5, pela Petrobrás, válida a partir da zero hora desta terça-feira, 6. Segundo o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo (Sincopetro), o litro da gasolina já está de R$ 0,09 a R$ 0,13 mais caro, enquanto a alta do litro do óleo diesel é de R$ 0,15 a R$ 0,17...

Na segunda à noite, a Petrobrás anunciou reajuste médio de 8,1% do preço da gasolina e de 9,5%, do óleo diesel. Ao divulgar o reajuste, a estatal projetou repasse ao consumidor final de R$ 0,12, para o litro da gasolina, e de R$ 0,17, para o do óleo diesel - em linha com os números divulgados pelo Sincopetro. 

Nas duas últimas vezes em que a Petrobrás revisou os seus preços, o consumidor não percebeu o efeito na bomba. O preço da gasolina vendida pelas refinarias da estatal caiu 3,1% no dia 9 de novembro e, 3,2% em 15 de outubro. Mas, nos postos, os valores se mantiveram. 
Em alguns casos, chegaram a subir, segundo levantamento feito pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). 
José Alberto Paiva Gouveia, presidente do sindicato, afirma que as distribuidoras ainda contam com combustíveis em seus estoques e que, por isso, é possível que nos próximos dias, à medida que os estoques acabarem, as distribuidoras repassem aos postos valores ainda maiores do que os registrados nesta terça. 

"Se as distribuidoras receberam desconto teriam que ter repassado aos postos, o que não aconteceu. Agora, com o aumento, já estão repassando", afirmou Gouveia.

Fonte:G1

Postar um comentário

Recado