sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Professor ensina qual a melhor forma de recuperar a empresa em um ano

David Kallás, professor de empreendedorismo do Insper, dá dicas para recuperar o fôlego da empresa até o próximo verão.

Foto de divulgação

Sua empresa anda mal das pernas? Que ação é mais recomendada para ela ficar em forma até o próximo verão...?
Alternativa A: buscar investidores para aumentar capital de giro.

Alternativa B: fazer cursos de reciclagem no exterior.

Alternativa C: gerar caixa com redução de estoques e prazos de recebimento para atrair clientes.

Segundo David Kallás, professor de empreendedorismo do Insper, todas alternartivas são válidas, mas a mais recomendada é a da letra C.


A. Buscar investidores para trazer capital

Se o negócio está mal das pernas, certamente a avaliação do negócio por parte de um investidor será baixa. Em outras palavras, o parte do seu negócio que será vendida ao investidor será barata. Além disso, a injeção de capital por parte do investidor não resolverá o problema da operação, somente adiando o problema.

B. Reciclar-se em um curso de gestão de primeira linha fora do país

Estudar sempre é uma boa ideia. Entretanto, em momentos de crise, a presença do empreendedor é fundamental. Além do mais, talvez seja necessário deixar a empresa “em forma” antes de fazer tais investimentos.

C. Gerar caixa com redução de estoques e prazos de recebimento para atrair clientes

Uma empresa enxuta é aquela com baixo capital de giro: níveis de estoques adequados, baixos de recebimento e, na medida do possível, prazos longos de pagamento. Muitas vezes, a empresa está mal das pernas porque há muito dinheiro investido de forma oculta nesses elementos. Uma saída rápida é gerenciar bem estoques, negociar prazos melhores com clientes e fornecedores, liberando assim caixa que poderá ser investido na captação de clientes rentáveis. A conquista de clientes rentáveis trará, consequentemente mais caixa, contribuindo para um ciclo virtuoso.”

Fonte:PEGN 

 

Postar um comentário

Recado