segunda-feira, 14 de setembro de 2015

ESPAÇO CULTURAL



      A   ÁRVORE   DO   SERTÃO

A raiz, extrai a vida, para o tronco alimentar
Da terra, mãe-alimento, vendo a árvore vicejar.


Sorri em fruto, num aceno, num meneio,
Mostrando ao mundo, à que veio.
Pela chuva espera, espera sem cansar.
Não contava com a seca, que teima em se instalar.
Foto feita por Marissandra: Sertão da Bahia - 13/09/2015

Espalha seus galhos,  cinzentos e imponentes.
Em meio ao contraste, do céu azul e reluzente.

Seca! Diz o inverno: deixe de resistir!
Resisto! Diz a arvore: é meu destino EXISTIR!


                    





Postar um comentário

Recado