segunda-feira, 24 de agosto de 2015

MERCADO E O "LP" DE VINIL

               

             "LP" ou Disco em Vinil está de volta ao mercado


            Ele teve o seu fim decretado na década de 90, quando o lançamento dos CDs se tornou a sensação do momento. A tendência era que os long players (LPs), ou discos de vinil, tornassem-se peças de museu. Mas, há um movimento crescente entre artistas e amantes da música, mostrando que o vinil volta a ganhar força, seja pela qualidade da música ou pelo valor artístico de suas capas e encartes.

                O ritual de segurar o disco cuidadosamente e colocá-lo para tocar é realmente um dos principais combustíveis desta paixão pelo vinil. Ainda há a magia de esperar terminar o lado A e manualmente iniciar o lado B. “Como diz o ditado, todo mundo tem um lado B. No caso dos discos de vinil, geralmente, o artista reservava para o lado B as canções mais obscuras, ou aquelas que realmente representavam a personalidade do artista. 




As fotos dos LPs foram concedidas por
 Anilton Rocha Silva,
 sendo elas,  uma   parte da  sua coleção de Discos de Vinil.


– O retorno do "LP"

                De olho no crescimento das vendas do disco em vinil nos Estados Unidos e Europa, os proprietários da Polysom decidiram adquirir o maquinário da antiga fábrica e reativá-la em 2009. Atualmente ela é a única fábrica de "LPs" em vinis de toda a América Latina.

              A tendência é que o mercado de LP em vinil se mantenha em crescimento. De acordo com os colecionadores, muitos artistas têm relançado seus álbuns em vinil. O cantor Da­vid Bowie é um deles.

            O mercado de compra e venda de "LPs" voltou a ganhar força nos últimos cinco anos. “O disco parou de ser comercializado com força na década de 1990 e agora voltou a virar tendência.”

     No dia 23/08/2015, a cantora, Maria Gadu, lançou seu mais novo projeto, no programa, Altas Horas, apresentado por  Serginho Groisman, transmitido pela Rede Globo e, lá estava o seu o LP de Vinil.



Espero que tenham gostado!





Postar um comentário

Recado