sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

NUVEM DESLUMBRANTE EM PORTUGAL

A formação da nuvem deslumbrante aparece acima Portugal, as pessoas chamam de "a mão de Deus"

unusual-cloud-formation-fist-hand-of-god-portugal-3
Foto de divulgação

 Na segunda-feira, o Português foram atordoados por uma nuvem aterrorizante sobre a ilha da Madeira. A formação laranja brilhante olhou como se fosse um punho fechado em chamas.

A nuvem foi descoberto por tempo blogger Rogerio Pacheco. Suas fotos logo chamou a atenção na mídia social. As pessoas tinham todos os tipos de especulações, comparando a nuvem incomum para qualquer coisa de um "Mão de Deus" a um punho de queima, ou até mesmo um cometa do jogo de vídeo Final Fantasy.
"Assim que vi o céu, eu estava imediatamente intrigado e eu só tinha que pegar minha câmera para tirar foto", disse Pacheco. "Para mim, a nuvem se parece com uma mão estendida com uma bola de fogo."
 
unusual-cloud-formation-fist-hand-of-god-portugal-2
Foto de divulgação
unusual-cloud-formation-fist-hand-of-god-portugal-1
Foto de divulgação


Mais informações: meteomadeira.blogspot.pt

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

5 SINAIS DE QUE VOCÊ É MAIS BEM-SUCEDIDO DO QUE IMAGINA


Não dê tanto valor ao sucesso alheio e valorize suas conquistas


sucesso, vitoria (Foto: ThinkStock)

              Um dito popular aqui no Brasil diz que sempre acreditamos "que a grama do vizinho está mais verde que a nossa". Que, apesar de as pessoas terem conquistas na vida, elas sempre se frustrarão por não terem ido tão longe quanto outras em alguns aspectos.

              Dar valor demais ao êxito alheio pode até incentivar a busca por mais conquistas. Mas, pelo menos no curto prazo, tal hábito leva à infelicidade.

             Vale lembrar que, neste exato momento, pode haver alguém que esteja "olhando para a sua grama". Sim. Há pessoas que estão em uma situação pior que a sua e te consideram alguém bem-sucedido por alguma razão.

         Uma reportagem originalmente publicada na "Inc." elenca alguns dos fatores associados a pessoas bem-sucedidas. É bem possível se identificar com alguns deles. Conheça-os e valorize o que você tem:

1. Você não passou por nenhuma tragédia
Quem perdeu algum familiar ou amigo querido, sofreu algum acidente ou teve alguma doença complicada, seja ela física ou mental, tem motivos suficientes para se sentir frustrado. Todas elas são experiências traumáticas. Se você não enfrentou nenhuma delas nos próximos anos, considere-se um vencedor.

2. Sua situação financeira não é tão apertada assim
Poucos têm independência financeira. Isto é fato. No entanto, pode ser que o lucro de sua empresa, ou seu salário, não seja tão ruim assim. Deve haver um número razoável de pessoas com a sua formação acadêmica e classe social em uma situação muito mais crítica. Pense nisso.

3. Há um plano
Ser bem-sucedido é realizar sonhos. E é preciso ter metas para que eles se transformem em realidade mais facilmente. É claro que é impossível conquistar os objetivos sem uma boa execução. Mas quem planeja o que fazer para atingir a meta tem uma vantagem.

4. Você é ambicioso
Outro ingrediente importante na busca pelo sucesso é a ambição, uma grande vontade de conquistar seus objetivos. Quem deseja muito algo tende a se esforçar mais. E está um passo à frente no longo caminho que leva à realização de um sonho.

5. As pessoas te respeitam
Ter respeito, seja dos amigos, família ou colegas de trabalho, interfere positivamente na autoconfiança de alguém. Ao ter relações harmoniosas das pessoas que te cercam, você está melhor que muitas pessoas que não se dão bem em casa e no trabalho e, de quebra, não têm muitas amizades.

Fonte:PEGN

INTERPRETAÇÃO DE LIBRAS

Vitória da Conquista é o terceiro município baiano a receber a CIL, depois de Salvador e Jequié

 
Foto de divulgação

                Até o fim do primeiro semestre de 2016 será implantada em Conquista a Central de Interpretação de Libras (CIL), que pretende ampliar as políticas públicas para pessoas com deficiência auditiva/surdos. O órgão pertence à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e vem sendo implantado em várias cidades brasileiras desde 2013.

                 A CIL oferece serviços de tradução e interpretação, além de facilitar o acesso a serviços públicos com a intermediação do intérprete. O critério adotado para a sua implantação leva em consideração o número de deficientes auditivos/surdos, que em Conquista é de aproximadamente 300 pessoas, além das ações desenvolvidas ao atendimento a este público.

                 Para o gerente municipal de Políticas de Inclusão, Magno Prates, a implantação da CIL é de grande importância para a população conquistense. “Será um suporte muito importante para a população surda”, afirma.

A CIL irá funcionar no Estação Juventude e contará com três intérpretes e um veículo que auxiliará no atendimento à população.


Fonte: PMVC

DIREITOS HUMANOS - VITÓRIA DA CONQUISTA


Semana dos Direitos Humanos reúne debates e exibições de longas e documentários


semanadh               Será realizada, entre os dias 25 e 29 de janeiro, a Semana dos Direitos Humanos – Cinema e Debate. Promovida pela Coordenação Municipal de Juventude, a iniciativa busca discutir temas ligados à igualdade de gênero e etnia, além da diversidade sexual.

              As sessões, que contarão com debates mediados por militantes das áreas, acontecem às 19h na Coordenação Municipal de Juventude – localizada na Avenida Bartolomeu de Gusmão, nº 744, Jurema. A entrada é gratuita.

               Entre os longas e documentários que serão exibidos estão “As sufragistas”, “Espelho, espelho meu – estética negra” e “ Última parada 174”.
Mais informações, pelo telefone (77) 3429-3150.


Confira a programação:
semanadh-prog

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

COELBA - FALTA DE ENERGIA

      A oscilação  da  energia elétrica vira rotina no Bairro Candeias de Vitória da Conquista - Bahia/BR.    
Foto de divulgação
             Da última Segunda feira (11/01/2016) até o momento, a queda de energia, no Bairro Candeias, na cidade de Vitória da Conquista - Bahia/BR  tem sido uma constante.
                     Ocorre que, moradores, de edifícios têm ficado presos dentro dos elevadores; eletrodomésticos e eletroeletrônicos  têm sido danificados com as oscilações da energia que ocorrem  durante o dia e durante a noite também.
                       A COELBA   nos informou que já foram registradas 31(trinta e uma) ocorrências, até o momento da divulgação dessa matéria  e que a Empresa  já enviou técnicos para o Bairro para   apurarem as ocorrências, mas, até o momento não haviam detectado o defeito e que os trabalhos, na verificação continuam.
(Protocolo 8072100657 - Bruna, atendente do nº 0800 071 0800-COELBA).



quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

SISU 2016: 19 CURSOS DA USP TÊM MENOS INSCRITOS DO QUE VAGAS

Critérios da universidade exigem pontuação mínima para algumas carreiras.

 

                      Não existe nota de corte para essas opções, até o momento. 

                  A Universidade de São Paulo reservou, pela primeira vez, 1.499 de suas vagas para candidatos do Sisu (Sistema de Seleção Unificada). Na última parcial das notas de corte, divulgada pelo Ministério da Educação nesta quinta (14), havia 19 cursos da USP em que faltam candidatos inscritos. Ou seja: há vagas sobrando – sequer existem notas de corte para essas carreiras.

                  A explicação é que, em determinados cursos da instituição de ensino paulista, é necessário que o estudante atinja uma nota mínima no Enem 2015 para poder entrar no processo seletivo e pleitear uma vaga.

                   É provável, portanto, que alguns candidatos tenham desejado integrar um desses 19 cursos, mas não tenham conseguido um desempenho suficiente para concorrer. Nesse caso, o sistema impede automaticamente a inscrição.

 Fonte: G1

GOVERNO LIBERA VERBA DE R$ 45 MILHÕES PARA O NOVO AEROPORTO DE VITÓRIA DA CONQUISTA - BAHIA/BR

Valor é repassado em convênio entre Secretaria da Aviação e Estado.

Foto de divulgação

       De acordo com o governo estadual, o terminal será licitado em fevereiro.                 

              O projeto do novo aeroporto de Vitória da Conquista recebeu a liberação da verba de R$ 45 milhões, em convênio entre governo do Estado e a Secretaria de Aviação Civil. O resultado foi publicado no Diário Oficial da União na quarta (13). De acordo com o governo estadual, o terminal será licitado em fevereiro e e as obras devem ficar prontas em 2017.
 
            A definição da planilha de preços de construção do terminal será feita ainda nesta semana, em reunião entre a Secretaria de Aviação e o diretor de Aeroportos e Terminais da Seinfra, Denisson de Oliveira.

           O secretário Marcus Cavalcanti avaliou que obras realizadas no entorno devem melhorar o acesso ao terminal. “A construção do viaduto sobre a BR-101 vai ser importante para quem também precisa utilizar a via para chegar ao terminal. E uma nova pista de acesso também será construída”, afirmou o gestor, em nota.

          Ainda de acordo com o governo, as vias internas do aeroporto, a sessão contra incêndio, as cercas de proteção entre outros serviços da primeira fase da obra têm previsão de entrega no primeiro semestre deste ano. Após a assinatura da ordem de serviço para construção do terminal, as obras devem ser concluída em um ano.
 
 Fonte: G1        


quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

A EXONERAÇÃO DO FIADOR NOS CONTRATOS DE LOCAÇÃO DE IMÓVEL

 
Foto de divulgação

A fiança é um contrato acessório, por meio do qual o fiador, pessoalmente, garante ao locador o cumprimento da obrigação principal assumida pelo locatário do imóvel, caso este não venha cumprir suas obrigações consistentes no pagamento de aluguéis e de todos os encargos firmados no contrato de locação.

O fiador somente responderá pelo que expressamente tenha se obrigado no contrato de fiança na forma escrita. Com a aprovação da Lei 12.112/2009, foi introduzida mudanças importantes na Lei de Locação Urbana (Lei 8.245, de 1991), no que diz respeito à garantia locatícia da fiança, podendo o fiador se exonerar da fiança em duas hipóteses: quando existe a alteração da pessoa do locatário autorizada pela lei e quando a locação for prorrogada por prazo indeterminado, seja nos contratos de locação residencial ou nos contratos de locação não residencial. Temos como exemplo quando ocorre a morte do locatário e acontece a substituição do mesmo no contrato de locação pelos seus dependentes que continuarão a residir no imóvel.

Também, no caso de divórcio, separação de fato ou judicial, dissolução de uma união estável e o locatário é substituído pelo cônjuge ou companheiro que fica residindo no imóvel. Nos casos de locação não residencial, normalmente a substituição do locatário é feita pelo espólio ou pelo sucessor no negócio. Para que ocorra a exoneração do fiador, deve ele ser comunicado pelo locador da ocorrência da hipótese de substituição do locatário ou da prorrogação da locação por prazo indeterminado.

O fiador, em regra, não está obrigado a garantir as obrigações contraídas pelo locatário que ultrapassem o prazo de ajuste original no contrato de locação, ainda que haja cláusula obrigando o fiador até a entrega das chaves do imóvel. Quando comunicado, o fiador deve notificar o locador, no prazo de 30 dias, sobre o seu intuito de não mais permanecer como garantidor das pessoas substitutas do locatário ou pessoas que permanecem com a locação por prazo indeterminado. Inobstante o pedido de desoneração do fiador ocorrer no prazo da prorrogação legal do contrato de locação, este fica responsável por todos os efeitos da fiança por mais 120 dias, findos os quais encerra-se a fiança, podendo o locador notificar o locatário para a apresentação de nova garantia locatícia no prazo de 30 dias, sob pena de desfazimento da locação.

DALVA APARECIDA DOS SANTOS INOCENTE - Advogada e membro da Comissão de Direito Imobiliário e Urbanístico da OAB, Subseção de Londrina.


Fonte: folhaweb.com.br

PREÇO DE IMÓVEIS DEVE TER PERDA REAL DE...

 10% ESTE ANO


Foto de divulgação

 O mercado imobiliário tende a continuar no vermelho em 2016. Essa é a previsão do economista do FipeZap, Raoni Costa.

Depois da perda real de 8,48% em 2015 diante da inflação calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a expectativa é que o preço de vendas de imóveis continue avançando em ritmo muito mais baixo do que a inflação.

“Enquanto essa situação de recessão continuar, acredito que o mercado imobiliário vai continuar sofrendo”, diz ele.

No meio do ano, a Fipe lançou um estudo apontando queda nominal de 5% no preço dos imóveis em 2016, o que levaria a uma perda real de mais de 10% em 2016 segundo as expectativas para a inflação, que hoje estão na casa dos 7%.

Oferta de imóveis

Para Costa, a oferta de imóveis deve começar a cair a partir deste ano. “O número de venda de imóveis ainda é razoável, porque você está vendendo imóveis construídos em 2013 e 2014″, diz ele.

“O ano de 2015 já foi um em que a gente viu uma retração muito grande no lançamento de novos imóveis e, em 2016, a gente vai dar um passo a mais nisso”, aponta.

Segundo ele, a tomada de decisão de compra – que é mais lenta no mercado imobiliário do que no resto do mercado -, mudou e isso impactará a oferta, que tende a se retrair ao longo dos próximos anos.

Aluguel

Os imóveis alugados estão em situação ainda pior que a dos imóveis à venda. O preço dos aluguéis recuou sete vezes consecutivas ao longo de 2015 e, nos 12 meses encerrados em junho, a perda real chega a 14%.

“Eu interpreto da seguinte maneira: muitos proprietários que iam vender imóveis não estão dispostos a baixar tanto o preço e resolvem alugar, o que fez aumentar a oferta de aluguéis”, diz ele.

Porém, sua aposta é de que haverá uma alteração na tendência nos próximos meses e que o preço do aluguel não ficará tão mais fraco que o preço da venda de imóveis por muito mais tempo.

“A diferença entre eles deve começar a se fechar, mas não dá para esperar muita coisa do mercado de aluguel”, afirma.
Foto de divulgação

Comprar ou alugar?

Para o consumidor que está na dúvida entre comprar ou alugar um apartamento, Costa diz que sua expectativa se mantém no aluguel.

“Eu acho que é um bom momento para quem busca alugar e, se o aluguel continuar caindo, o contrato de aluguel é muito mais curto que o financiamento de um apartamento”, diz ele.

Para quem se decidiu pela compra, a dica é ter cautela, pois adiar a compra pode render uma grande economia.

“A taxa de juros hoje está muito alta, se o consumidor tem o dinheiro guardado, ele conseguirá um bom rendimento se aplicá-lo em um fundo”, diz Costa.

Ou seja, para quem tem dinheiro guardado, comprar um imóvel hoje pode representar perda de dinheiro.

“O melhor momento para comprar o imóvel será quando eles pararem de perder em relação a inflação e voltarem a subir. Mas quando isso vai acontecer é difícil saber”, completa.

Fonte: EXAME.com

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

STRESSE E ZONA VERDE

O acesso a zonas verdes em casa e no trabalho reduz o número de episódios de Stresse. 

Foto de divulgação

                 Esta foi a conclusão a que chegaram os suecos Ulrika Stigsdotter e Patrik Grahn, do departamento de Planeamento Paisagístico, Saúde e Lazer, da Universidade Sueca de Ciências Agrárias. Para tal inquiriram 953 suecos sobre a respectiva saúde e a frequência com que visitavam espaços verdes exteriores. A amostra incluiu entrevistados de nove cidades, de ambos sexos e de diferentes idades e classes sociais. Nenhum destes fatores influenciou os resultados que se seguem:

1 -  Tipo de ambiente exterior disponível no local de trabalho / nº médio de episódios de stresse por ano

Inquiridos sem vista para um jardim e sem hipótese de ir ao exterior durante as pausas / 153,53;

Inquiridos sem vista para um jardim mas com hipótese de ir ao exterior durante as pausas (no máximo uma vez por mês) / 104,08;

Inquiridos com vista para um jardim e nenhuma ou poucas ou hipóteses de ir ao exterior durante as pausas (no máximo uma vez por semana) / 96,66;

Inquiridos com vista para um jardim e hipóteses de ir até um jardim exterior durante as pausas (mais de uma vez por semana) / 77,07;

2 -  Tipo de ambiente exterior disponível em casa / nº médio de episódios de stresse por ano:

Inquiridos que habitam em apartamentos, sem varanda nem espaço público no exterior / 193;

Inquiridos que habitam em apartamentos com varanda / 125,68;

Inquiridos que habitam em apartamentos com jardins exteriores, ou que habitam em vivendas com um pequeno jardim / 86,30;

Inquiridos que habitam em vivendas com jardim de grande dimensão (>600  metros quadrados) / 64,96;

Já sabem, se puderem, aproveite as pausas e a hora de almoço para ir à rua e olhar para um jardim.

Fonte: Landscapeplanning and stress; Urban Foresting and Urban Greening; volume 2, issue1(2004).

Recado