sábado, 18 de julho de 2015

MERCADO DE DESIGN DE INTERIORES - 2


              


Decorando apartamentos pequenos

               Estamos em um Brasil que cresce no centro-oeste, norte e nordeste, mas está cada vez mais competitivo no sul e sudeste e isso exige muito dos profissionais de interiores e indústrias que precisam inovar e criar novas experiências de marca.

           A aspiração  para  a compra são transversais, ou seja, do rico ao menos favorecido, do grande ao pequeno projeto, os diferentes consumidores querem o mesmo: ter um projeto que atenda às suas necessidades e ser "exclusivo".

            É sabido que o consumidor está cada vez mais se transformando e se diversificando em diversos nichos e seu poder de decisão e exigência está cada vez mais forte. 

              O princípio básico para um Design de Interiores   é pensar diferente para planejar e produzir melhor para o seu cliente. Tendo como meta o preço competitivo, com soluções inovadoras.  

            Vivemos na era da informação e o consumidor quer mais e mais... Olhe para o novo mercado que surge à sua frente e planeje! Quem não percebeu, está em um caminho com grandes chances de desaparecer e fadado a estar fora do mercado. 

             Hoje, no design de interiores, surge a "Decoração Rápida", para atender espaços únicos e projetos rápidos que não demandem grandes obras. Ninguém quer mais ficar com uma obra dentro de casa por meses.
         Com isso surge também os "test drivers" da decoração: objetos, quadros, móveis e a tendência é crescer. Tudo isso para atender o consumidor que quer mais tempo para ele.




                
Postar um comentário

Recado