quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Apostar no cartão de marca própria pode ser uma boa opção

Empresa especializada nesse tipo de meio de pagamento aponta que seus clientes apresentam altas taxas de crescimento – acima da média do mercado. Veja:
 
Foto de divulgação
No primeiro semestre deste ano, a DMCard, registrou um crescimento de 21% no valor gasto em cartões de crédito de marca própria administrados por ela. Segundo a Associação Brasileira de Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (ABECS), o aumento em valor das compras com cartões de crédito em todo o País foi de apenas 3%...
Esses números comprovam a força e a importância do cartão de loja para o varejo nacional e seu potencial de penetração, principalmente entre os consumidores de baixa renda.

Para Juan Agudo, diretor-executivo da administradora de cartões, os elevados índices de inadimplência e desemprego têm dificultado a concessão de crédito em instituições financeiras. “A demanda cresce, mas em contrapartida o percentual de aprovação cai. Isso reflete diretamente nos bons resultados dos cartões de loja que acabam sendo uma alternativa de crédito, principalmente para as classes mais baixas”, explica.

O setor de supermercados sofre menos com a inadimplência. “Os consumidores em dificuldades financeiras acabam dependendo do cartão do supermercado para abastecer o lar e, por isso, precisam tê-lo sempre à disposição evitando o não pagamento da fatura”, conta Agudo. “Cada vez mais o varejo, principalmente o supermercadista, conta com o cartão de crédito de marca própria como ferramenta de fidelização e aumento das vendas”, completa.

Fonte: NoVarejo
 
Postar um comentário

Recado